Thiago de Mello

          

“OS ESTATUTOS DO HOMEM”

Thiago de Mello (1926) é um poeta e tradutor amazonense, reconhecido como um ícone da literatura regional. Foi adido cultural na Bolívia, no Peru e em Santiago, no Chile, onde conheceu o escritor Pablo e fez a tradução de uma antologia poética.

 

Logo depois do golpe militar de 1964, Thiago renunciou ao posto de adido cultural e sua poesia ganhou forte conteúdo político. Indignado com o Ato Institucional nº. 1 e por ver a tortura ser empregada como método de interrogatório, escreveu o seu poema mais famoso, “Os Estatutos do Homem”.

 

Thiago de Mello tornou-se nacionalmente conhecido na década de 1960 como um intelectual engajado na luta pelos Direitos Humanos, contra a ditadura no Brasil e manifestou em sua poesia o seu repúdio ao autoritarismo e à repressão. Depois do exílio político, voltou ao Brasil em 1978.

Em 2005 conheceu e se apaixonou pelo projeto da Tertúlia onde se tornou padrinho e liberou os direitos autorais de toda sua obra: “A Tertúlia divulga a poesia como quem planta sementes”, disse.

Veja abaixo os prodtuos de Thiago de Mello em nosso site:

Cartão Thiago de Melo

R$ 8,00
R$ 8,00 em 1x de R$ 8,00 sem juros